Blog

Blog

Lareira em face de leão

O leão já estava na rocha, antes mesmo dos primeiros cortes. Ele precisava de olhos que pudessem enxergar-lo lá dentro e de mãos capazes de o transportar para fora. Passados alguns dias foi possível perceber sua face tomando forma, seus dentes, sua juba. A rocha continua sendo rocha, mas depois do toque do artista ela é reinventada, tornando-se infinita em si mesma.

A referência utilizada na criação da lareira em face de leão é o romance “Romeu e Julieta”, de William Shakespeare. Ao assistir uma adaptação para o cinema, um frontão no estilo renascentista despertou o interesse do artista. Inspirado pela imagem, Ronie Ryba começou a idealização da releitura da peça. Durante a pesquisa, chegou-se até a obra original. Uma lareira esculpida em blocos de rochas, com dimensões grandiosas, decora um dos cômodos do Villa Della Torre Allegrini. A escultura chama a atenção tanto por seu tamanho quanto por sua estrutura atípica- um “monstro marinho” com a boca aberta.

A releitura da obra está em execução. Depois de inumeráveis cortes, o leão surge imponente diante dos nossos olhos. As dimensões da lareira finalizada serão aproximadamente 2,80 x 2,60 x 1,25.